Não. Em Portugal não existe restrição, nem à posse nem à compra ou venda de peças arqueológicas. O que é proibido é a busca não autorizada, tanto em terra como no mar.

Caso se dê um achado, é necessário avisar as autoridades, e o Estado tem de pagar uma percentagem elevada do valor do objecto a quem o tenha encontrado, caso queira ficar com o mesmo. Caso contrário, o objecto pertence a quem o acha.

Existem centenas de coleccionadores de arqueologia em Portugal e nunca foram incomodados.

O showroom Amigo da História | Esquadro e Compasso é um espaço onde estão em exposição algumas das peças que são disponibilizadas pelos nossos sites.

O nosso showroom é permanente, isto é, não se trata de uma exposição temporária, que em breve será desmontada.

Consulte o horário na Página Inicial do site.

Utilize este método para saber o seu tamanho de anel:

Dê uma volta no seu dedo com um barbante, linha ou algum tipo de fio flexível.

Marque no fio a medida exacta da circunferência de seu dedo. Não se esqueça de que o anel tem de passar a parte mais larga do dedo. Deve-se dar uma folga maior no caso do anel que se pretende seja largo, como os de grau 33, por exemplo (quanto mais largo for o aro mais difícil é a sua passagem nos nós do dedo);

Estenda o fio sobre uma régua e leia o comprimento marcado no fio;

Veja tabela abaixo para saber o número equivalente ao seu dedo.

Exemplo:

Mediu 5,70 cm = número do aro: 17

Veja sua medida:

(…)
5,70 cm equivale ao número 17

5,80 cm equivale ao número 18
5,90 cm equivale ao número 19
6,00 cm equivale ao número 20
6,10 cm equivale ao número 21
6,20 cm equivale ao número 22
(…)

Em alternativa, pode medir o diâmetro de um anel que lhe sirva. O valor em milímetros do diâmetro é o número do tamanho do anel: 20 mm de diâmetro = tamanho 20.

Por razões diversas, optámos por não facultar automaticamente a referência Multibanco para pagamentos por este meio.

Assim, aguarde a recepção de um e-mail com essa indicação.

Obrigado.

Por razões diversas, optámos por não facultar automaticamente o nosso IBAN para pagamentos por transferência bancária.

Assim, aguarde a recepção de um e-mail com essa indicação.

Obrigado.

Não, o Esquadro e Compasso não envia encomendas à cobrança para países estrangeiros.

Se estiver fora de Portugal terá de pagar através de PayPal e o envio do(s) artigo(s) é feito através de correio registado.

Sim, pode fazer encomendas mesmo estando num país estrangeiro.

Envie um e-mail para geral@esquadroecompasso.pt indicando a(s) referência(s) e o(s) descritivo(s) do(s) artigo(s) que pretende e a(s) quantidade(s).

De seguida, o Esquadro e Compasso envia-lhe uma factura electrónica via PayPal (www.paypal.com). Para efectuar o pagamento basta seguir os passos indicados. É imperativo, no entanto, que possua um cartão de crédito.

Para quaisquer informações adicionais, contacte-nos.

Não, de maneira nenhuma. Não tem de ser maçom para comprar artigos no Esquadro e Compasso.

Muitas pessoas, não sendo maçons, interessam-se pelos artigos maçónicos, nem que seja sob uma perspectiva meramente histórica ou simbólica.

Outros podem ter amigos que sejam maçons, e podem encontrar aqui um presente especial para este ou aquele amigo.

Repetimos, não é necessário ser maçom para comprar no Esquadro e Compasso.

(obrigatório para clientes fora de Portugal)

O PayPal (www.paypal.com) é o sistema de pagamento on-line mais utilizado no mundo.

Processa-se da seguinte forma:

Depois de ter recebido o seu pedido, o Esquadro e Compasso envia-lhe, por e-mail, uma factura electrónica. De seguida, necessita apenas de seguir os passos indicados.

Contudo, neste método de pagamento é imperativo possuir já conta PayPal ou cartão de crédito.

Load More