Promoção!

Aventura Maçónica e outros textos sobre a Arte Real, A

29.90 25.40

Prazo de entrega aproximado: 5 dias.

REF: Z00275 Categorias: ,
Partilhar:

Descrição

Obras Completas de António Telmo – Volume IX

Autor: António Telmo

Editor: Zéfiro

ISBN: 9789896771621

Idioma: Português

Dimensões: 16 x 23 x 2,6 cm

Encadernação: capa mole

Páginas: 432

Ano: 2018

Sinopse

A VIVÊNCIA DOS MISTÉRIOS MAÇÓNICOS, DA FILOSOFIA À INICIAÇÃO

Encontram-se aqui reunidos os livros maçónicos de António Telmo (A Aventura Maçónica e Congeminações de um Neopitagórico), assim como diversos textos inéditos sobre a mesma temática. Apesar de tardia, a sua iniciação na Arte Real não é obra do acaso, como é notório pelas pranchas que escreveu ao longo das “viagens iniciáticas” pelos três graus de Aprendiz, Companheiro e Mestre, que se encontram fielmente reproduzidas neste volume. O resultado é uma síntese hermética das três religiões monoteístas, tornando a demanda operativa.

«No dia em que fui recebido na Loja Quinto Império e em sessões ulteriores, vieram do Venerável Mestre e de outros respeitáveis Mestres palavras que destacavam uma sabedoria que me é atribuída, com maior ou menor verdade, só porque sou autor de alguns livros em que procurei dar da língua, da literatura e da história portuguesas uma nova visão à luz do esoterismo. Tal sabedoria, dado que seja lícito designar assim o que é um mero saber teórico, deixei-a lá fora no momento em que me despojei de todos os metais. Ela foi-me restituída, mas para que faça dela um uso diferente do que fazia antes.»

António Telmo

«Penetrar na obra de António Telmo é percorrer labirínticos corredores onde o espelho nos colhe a cada esquina e envolve e confunde e mostra enganosos caminhos que contudo têm de ser percorridos porque não existe o caminho certo. De que apenas podemos ter um vislumbre quando a perplexidade nos tolhe e ao mesmo tempo impulsiona para o abismo e para o céu. Irregularidade, neblina, imaginação, poética, iniciação. O confuso caminho para a consciência e liberdade. O paradoxo é o mestre e a ordem oculta-se sob o oxímoro e o imprescindível poético caos.»

Risoleta C. Pinto Pedro
in Prefácio

«Todos os povos têm uma história oculta, isto é, uma história escondida, encoberta, desconhecida, misteriosa. Este é um dos muito pontos em que António Telmo se encontra com Fernando Pessoa («As nações todas são mistérios», Mensagem) e desenvolve essa mesma linha de pensamento. Uma história oculta, secreta. Existe uma ligação óbvia entre esta História Oculta de Portugal, que começa a escrever em 1976, e a História Secreta de Portugal que acaba por escrever no mesmo ano e que viria a ser publicada no ano seguinte, em 1977.»

António Carlos Carvalho
in Posfácio

Informação adicional

Peso .650 kg

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Apenas clientes com sessão iniciada que compraram este produto podem deixar opinião.